• alxrib4

Lixo Zero: Uma responsabilidade de todos!

Atualizado: 23 de ago. de 2019

Campanha no Recife quer conscientizar a população sobre descarte correto de resíduos.


Uma campanha lançada no Recife, nesta quarta-feira (18), pretende conscientizar a população sobre a importância do descarte correto dos resíduos.

É o projeto "Rede Lixo Zero que tem como uma de suas ações de lançamento o ensino sobre como transformar os resíduos do dia a dia em matéria-prima, com a reciclagem, por exemplo.

A ação é feita em colégios como a Escola Municipal Professor Lourenço de Oliveira, onde a “Dona Recicla” e o “Senhor Cata Tudo” conversam com os alunos sobre a importância do descarte correto dos materiais.

Os alunos mostram que aprenderam a lição. “A reciclagem leva a um ambiente melhor, um mundo melhor pra gente”, explicou Leonardo Francisco da Silva, de 13 anos. Já Victória Amanda dos Reis, da mesma idade, resumiu que “a reciclagem preserva o meio ambiente”.

Samy Lourenço, de 14 anos, por sua vez, mostrou preocupação com as consequências do descarte incorreto. “O aterro sanitário, onde é jogado o lixo, prejudica muito o meio ambiente. E quando a gente coleta, a gente pode reciclar, melhorar muito o país”, orientou.

Quase três mil toneladas de lixo são recolhidas diariamente na capital pernambucana. Mas, desse total, só 20 toneladas vão para a reciclagem.

Além de ser uma prática sustentável, a reciclagem gera renda a famílias que tratam o lixo e separam os materiais.

O idealizador do projeto “Rede Lixo Zero”, Marcelo Alves de Souza, conta que orientar sobre o lixo reciclável é o início das atividades. “A ideia é passar, logo em seguida, para o tratamento de orgânicos, e o tratamento de alguns resíduos especiais como pilhas, baterias e lâmpadas”, diz.

O caminhão que vai fazer a coleta, prevista para ocorrer toda segunda-feira no bairro Santa Tereza, na Zona Norte do Recife, foi doado exclusivamente para o projeto.

Dos 511 bairros da cidade, apenas 7% têm coleta seletiva. “A gente aposta muito nessa ideia, que com esse início, a gente vai conseguir ir contagiando o bairro [todo]”, aposta Marcelo.

53 visualizações0 comentário